Depilação- Várias opções para si

Lâmina, máquina, cera, creme…quando o assunto é depilação cada mulher tem a sua preferência. A depilação faz parte da vida das mulheres desde cedo, com a puberdade a camada de pelos aumenta e engrossa obrigando a mulher a tirar os pelos com alguma frequência.

Pernas, virilhas, axilas, buço e sobrancelhas são as zonas mais problemáticas, apesar de existirem mulheres  que devido a desequilíbrios hormonais necessitam de depilar outras zonas do corpo.

Existem vários métodos de depilação, uns mais duradouros que outros, o tipo de depilação deve ser escolhido com muito cuidado. A escolha tem que ser bem pensada, levando-se em conta os prós e os contras de cada método.

Técnicas de Depilação Feminina

Depilação com lâmina

Lâmina. Corta a parte mais superficial do pelo.

Custo: 6 unidades custam cerca de 3,5 euros.

Duração: Dois ou três dias.

Dor: Indolor.

Aspetos positivos: Fácil, rápido, barato, indolor.

Aspetos negativos: Precisa ser feita com muita frequência, já que é apenas superficial. Precisa haver cuidado para não ocorrerem cortes na pele. Também pode causar alergias e irritação. Não deve ser usada no rosto.

Depilação com creme depilatório

Creme depilatório. É um creme que “amolece” os pelos. Depois de aplicar o creme, você passa uma espátula sobre a pele e retira -o– pronto.

Custo: a partir de 6 euros.

Duração: De 3 a 5 dias.

Dor: É indolor.

Aspetos positivos: Fácil de aplicar, pode ser feito em casa, indolor.

Aspetos negativos: Pode causar alergia e comichão.

Recomendações: É muito importante que, antes de usar este creme, você faça um teste em um pedacinho de pele (no antebraço, por exemplo) para excluir a possibilidade de alergias.

Depilação com máquina elétrica

Máquinas elétricas. Existem alguns tipos de aparelhos elétricos de depilação. Puxam o pelo, arrancando-o.

Custo: A partir de 40 euros

Duração: 15 a 20 dias.

Dor: Provocam alguma dor.

Aspetos positivos: Rápido: Rápido de usar, dura mais tempo que lâmina comum e não causa muita irritação.

Aspetos negativos: Caro e pode encravar os pelos.

Depilação com cera fria

Cera fria: Um dos métodos mais populares de depilação. Espalha-se a cera na área a ser depilada. Depois puxa-se com força, para arrancar os pelos.

Custo: O custo varia de acordo com a zona a depilar.

Duração: De 20 a 30 dias.

Dor: Doloroso.

Aspetos positivos: Bom para quem é sensível ao calor. Pode ser aplicada em casa, dura muito tempo e enfraquece os pelos.

Aspetos negativos: Dói mais e pode secar a pele por isso é recomendável hidratar a pele com algum creme calmante. Para além disso é preciso deixar os pelos crescerem um pouco entre sessões.

Depilação com cera quente

Cera quente. Dói menos do que a cera fria, porque a temperatura alta da cera ajuda a fazer com que os poros se expandam e a depilação seja mais fácil.

Custo: Varia.

Duração: De 20 a 30 dias.

Dor: Doloroso.

Aspetos positivos: O calor ajuda a abrir os poros, provocando menos dor do que a cera fria. Os pelos, enfraquecidos, tendem a diminuir com a frequência das sessões.

Aspetos negativos: Dói. Pode queimar a pele, ou escurecê-la. Os pelos precisam estar longos.

Depilação definitiva

Depilação definitiva. Existem vários tipos, o método mais conhecido é o laser. Destrói a capacidade de o folículo produzir um novo pelo.

Custo: Uma sessão custa à volta de 40 euros mas dependendo da zona são precisas muitas sessões.

Duração: É definitiva.

Dor: É doloroso. A esteticista aplica gelo/anestésico sobre a área a ser depilada.

Aspetos positivos: É definitivo. O laser pode ser aplicado em qualquer área do corpo.

Aspetos negativos: Tratamento caro e doloroso. Deve ser feita em centros especializados porque pode provocar queimaduras.