Pílula do dia seguinte

Existem vários métodos contraceptivos como as pílulas, o diafragma, o DIU e a camisinha, que ajudam a prevenir uma gravidez não desejada antes e durante as relações sexuais. Sendo que a camisinha tem a dupla função de contraceptivo e de prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.

Apesar de existirem vários métodos preventivos, alguns casais ainda arriscam a ter relações sem qualquer protecção, para esses e para aqueles que a camisinha rompe existe ainda a pílula do dia seguinte, que é uma contracção de emergência.

pilula-dia-seguinte

O que é a pílula do dia seguinte ?

A pílula do dia seguinte, como o nome indica é um método contraceptivo que pode ser usado após a relação sexual, que serve para inibir uma possível gravidez.

A pílula do dia seguinte deve ser tomada o mais rápido possível, depois da relação desprotegida de preferência nas primeiras 72 horas, pode ser tomada até 5 dias depois, mas após o período de 72 horas começa a perder a sua eficácia.

Esta pílula deve ser usada como um recurso de emergência e não como contraceção normal, até porque a sua composição é bastante forte em termos hormonais, podendo causar efeitos colaterais graves se usada repetidamente.

Como funciona a pílula ?

A pílula do dia seguinte funciona como inibidor da ovulação, inibidor da fertilização do óvulo pelo espermatozóide e ainda impede que óvulo fecundado se abrigue no útero. Basicamente obriga/antecipa a menstruação, por isso, é normal que esta ocorra alguns dias depois da toma, sinal que a mesma funcionou correctamente.

Se não tiver a menstruação num espaço de 3 a 4 semanas deve fazer um teste de farmácia ou de laboratório para despistar uma possível gravidez.

A eficácia deste método é bastante alta quando tomado seguindo as indicações e no tempo indicado, rondando os 97%.

Como tomar a pílula do dia seguinte ?

Existem diferentes tipos de PDS, sendo que deve consultar o médico ou farmacêutico para avaliar qual o mais indicado para si, o mais usado tem apenas um comprimido de toma única mas existe no mercado versões com 2 comprimidos, não se esqueça de seguir correctamente as instruções.

Se o seu método contraceptivo é a pílula, deve retomar a sua toma no dia seguinte a tomar a pílula do dia seguinte, apesar de ser aconselhado usar a camisinha por precaução nos primeiros dias.

Lembre-se que as relações sexuais não protegidas devem ser evitadas, exceto se pretender engravidar, existem imensos meios para se proteger de uma gravidez e das DST, a pílula do dia seguinte deve ser usada apenas em casos de emergência.