Perca Barriga e Recupere a cintura

Está farta de se olhar ao espelho e de ver um proeminente pneu na sua barriga? Já tentou de tudo para eliminá-lo, assim como às inestéticas gorduras acumuladas e flacidez, mas nem a dieta mais rigorosa ou as horas infindáveis que passa no ginásio conseguiram solucionar o seu problema? Temos más e boas notícias para lhe dar.

A má notícia é que os adipócitos (as células gordas com tendência a juntar-se entre si, dando lugar a pneus e gorduras) podem alojar-se em qualquer parte do corpo.

A boa notícia é que, onde quer que se instalem, existem procedimentos cirúrgicos eficazes para extrair a gordura do organismo. Com o avanço de ciência multiplicaram-se as técnicas para resolver o prblema da gordura corporal, surgindo novas cirurgias, cada vez menos invasivas e mais eficazes.

No entanto, apesar do sucesso que estes procedimentos cirúrgicos têm vivido, nos últimos tempos não surgiu nenhuma técnica realmente inovadora.

Mais eficazes, menos agressivas

A cirurgia plástica coloca à sua disposição uma variedade de técnicas que lhe permitem retirar as gordurinhas acumuladas da zona abdominal. “As duas principais intervenções neste campo são a lipoaspiração e a abdominoplastia. A primeira tem como objectivo a remoção de gordura não tirando pele; a segunda remove pele e gordura e permite corrigir outros defeitos da parede abdominal, que surgem geralmente após a gravidez”.

A grande vantagem destes procedimentos cirúrgicos é a eficácia. Contudo, o cirurgião plástico lembra que “ são intervenções cirúrgicas e como tal têm as suas indicações. Daí que a consulta pré-operatória seja absolutamente fundamental para determinar qual o método mais indicado para cada caso”.

O fim das gordurinhas acumuladas

A lipoaspiração é a tecnica geralmente adequada para eliminar o temido excesso de gordura localizada. Este método cirúrgico consiste na aspiração da gordura acumulada através de umas finas cânulas que estão ligadas a uma máquina de vácuo. De forma a evitar cicatrizes visíveis, são feitas umas pequenas incisões, de apenas dois mílimetros, para, posteriormente, se introduzir as cânulas e remover a adiposidade. Apesar de não ser uma forma de emagrecimento, a lipoaspiração é utilizada em diversas áreas do corpo e permite modificar a forma e o contorno da sua silhueta, ajudando-a a conseguir os resultados que deseja.

Geralmente, esta cirurgia é realizada sob anestesia local com sedação, não requer internamento e os pacientes podem regressar ao trabalho e à sua vida normal dentro de duas ou três semanas. Após a intervenção, a paciente terá de usar, durante algumas semanas, collants e cintas para comprimir a região operada, para ajudar a pele a acomodar-se e a recuperar a elasticidade, controlando assim o inchaço e as equimoses.

Perca Barriga e Recupere a cintura

Diferentes técnicas

Apesar do princípio-base da lipoaspiração ser o mesmo, existem técnicas diferentes que podem ser usadas nesta cirurgia. Assim sendo, para além da lipoaspiração clássica, que absorve a gordura acumulada nas camadas profundas da pele mediante a sua aspiração, através de cânulas de diferentes espessuras, existe ainda a lipoaspiração assistida mecanicamente (vibrolipoaspiração), a assistida por ultra-sons (VASER) e a assistida por laser. “A diferença entre estas técnocas reside no modo como a gordura é destruída, sendo que a sua remoção é sempre feita por aspiração (vácuo)”, informa o cirurgião plástico, que alerta a importância da escolha de um bom cirurgião. “Os resultados das diferentes técnicas dependem essencialmente da experiência do cirurgião, a qual é particularmente importante nos dois últimos métodos para evitar complicações”, sublinha. Conheça as diferentes técnicas utilizadas na lipoaspiração:

. Lipoescultura consiste em aproveitar a gordura removida pela lipoaspiração para melhorar o contorno de várias regiões do corpo.

. Vibrolipoaspiração é realizada com cânulas vibratórias de 3 mm de espessura, que emitem uma vibração provocada pelo ar comprimido, o que liberta a gordura e facilita a sua aspiração.

. Lipoaspiração ultra-sónica quando, antes da aspiração, se introduz uma cânula de ultra-sons com o objectivo de quebrar os adipócitos e liquidificar a gordura, para que esta seja removida.

. Lipoaspiração a laser a fibra óptica que contém a cânula permite trabalhar com transluminação, de forma a controlar a sua posição exacta durante o procedimento. O calor gerado pelo laser destrói a gordura, a qual é aspirada com outra cânula. Para além destas técnicas, o cirurgião pode também recorrer à lipoaspiração tridimensional, na qual se combinam as diversas técnicas, uma vez que assim consegue-se remover a gordura situada nas camadas mais profundas (lipoaspiração ultrasónica), bem como aquela situada nas camadas mais superficiais (vibrolipoaspiração).

1