Dieta da proteína: prós e contras

Algumas dietas como a do Dr. Atkins e a South Beach são algumas dietas que eliminam ou reduzem a quantidade de carbohidratos. Na dieta da proteína os carbohidratos são substituídos por alimentos ricos em proteína, alimentos que utilizam a gordura armazenada como energia, facilitando a perda de peso.

A dieta da proteína é composta por 4 fases

A fase da indução

Esta fase dura cerca de 2 semanas limitando o consumo de carboidratos a 20 gramas por dia. Nesta fase pode comer carnes, queijos e outros produtos ricos em gordura assim como brócolos, tomate e alface, mas os legumes só pode comer 3 porções pequenas por dia.

A fase da perda de peso contínua

Esta fase dura até que o peso esteja em torno de 5 kg acima do desejado.

Pré Manutenção

Pode aumentar o consumo de carboidratos, principalmente os legumes.

Fase da manutenção

Nesta fase já pode comer tudo mas de forma moderada, sempre que sentir que está a aumentar de peso deve voltar à fase 1.

Como qualquer dieta que reduz ou elimina algum grupo alimentar tem os seus prós e contras.

Prós da dieta da proteína

Quem segue um programa pobre em carboidratos perder duas vezes mais peso do que os que seguiam dietas comuns.

Pode baixar os níveis de colesterol HDL (o bom colesterol)

Contras da dieta da proteína

A dieta da proteína pode provocar náusea, desidratação, tontura, fadiga e mau hálito.

Por ser pobre em fibra e rica em gordura, pode causar prisão de ventre e reduzir a energia do corpo.

Dieta da proteína: prós e contras

Cardápio da dieta da proteína

Pequeno-almoço:

Opção 1

2 Ovos Mexido ou Ovos Cozidos

Chá gelado ou café

Opção 2

Omelete Simples ou com queijo e presunto

Chá gelado ou café

Almoço

Opção 1

Salada à vontade

1 peito de frango

1 iogurte

Opção 2

Salada à vontade

Peixe grelhado com azeite

1 gelatina 0 % de gordura e açucar

Lanche da tarde:

Opção 1

Queijo à vontade

Chá ou café

Salchichas de peru à vontade

Chá ou café

Jantar:

O mesmo que ao almoço, alternado o peixe e a carne, se comer peixe ao almoço o jantar deve ser carne, se comer carne ao almoço o jantar deve ser peixe.

Ao longo do dia deve beber bastante água, pelo menos 1,5 l por dia.

Este texto é meramente informativo deve sempre consultar um especialista.

1